Assum Preto - Minha Experiência com a Cirurgia PRK

*post atualizado em janeiro de 2016

Olá pessoal!
Este é um post não relacionado à imigração para o Canadá, mas para compartilhar a minha experiência de fazer a cirurgia refrativa a laser para miopia com a técnica PRK. Como não exisem muitos relatos em português de pessoas que utilizaram essa técnica e o pós operatório é bem peculiar, resolvi compartilhar com as pessoas que, por opção ou não, vão fazer a PRK. Conforme as epapas forem passando, eu atualizo este post.
Bom, atualmente já é possível se livrar dos óculos/lentes de contato através de cirurgias a laser (existem outras técnicas, como substituição de cristalino ou lentes intra-oculares, mas são bastante invasivas e só são usadas em casos extremos). Nas cirurgias a laser é usado um tipo de laser especial (excime laser) controlado por um computador, que não gera calor e que simplesmente vaporiza tecidos da córnea para modelar a mesma e corrigir erros de refração, que causam a miopia, hipermetropia e astigmatismo. Assim, o laser tem que atingir a córnea, que fica logo abaixo do epitélio, a "pele" do olho. Desse modo, temos que tirar o epitélio do caminho para expor a córnea. Para isso, existem 3 técnicas.
A primeira é a PRK, na qual o cirurgião simplesmente retira a pele por raspagem, com ou sem auxílio de um alcool. O laser é aplicado na superfície da córnea exposta e é colocada uma lente de contato protetora até que o epitélio cresça de novo.
A segunda, e mais popular, é a LASIK, aonde o cirurgião utiliza um aparelhinho que faz um corte na superfície do olho, levantando uma película (chamada de flap) como se tirasse a tampa de uma laranja para expor a córnea. Após o laser ser aplicado, a tampinha é recolocada e ela "cola" quase instantaneamente, pelo menos nas bordas ...
A terceira é a LASEK e é mais parecida com a PRK, mas ainda existem algumas restrições quanto a essa técnica.
Como para tudo na vida, existem vantagens e desvantagens em cada técnica. A LASIK é bastante popular por dar resultados praticamente imediatos e é indolor, mas existe para sempre o "fantasma" da "tampinha" poder descolar. A PRK é mais chata pelo fato de demorar mais ou menos 1 mês para o resultado final ser alcançado começar a ficar decente e pode levar alguns dias de recuperação um pouco doloridos, mas é bastante segura. No meu caso, eu escolhi a PRK (eu poderia fazer a LASIK, existem pessoas que só podem fazer a PRK por causa de problemas de espessura da córnea ou de ceratocone, um tipo de deformação na superfície do olho, que excluem a LASIK).
O processo a laser pode ser convencional ou personalizado. No convencional, o laser simplesmente "molda" a córnea para dar o efeito de uma lente de contato ou óculos. No personalizado, o laser molda a córnea levando em conta todas as deformações e assimetrias existentes, tomando como base um exame feito antes da cirurgia.
Exames Iniciais
Eu fiz uma consulta inicial no Hospital de Olhos aqui em Curitiba, aonde foi verificado o meu grau atual, pressão do olho e feita uma entrevista para saber de problemas anteriores e tal, além de tirar dúvidas em relação ao laser em si. Como estava tudo em ordem e eu gostaria de ver a viabilidade da operação, me foram solicitados exames para verificar a espessura da córnea, a topografia do olho, o fundo do olho, o estado das células da córnea, etc.
O mais perturbador é o de espessura da córnea, aonde colocam uma "caneta" na superfície do olho para medir a dita cuja, mas eles passam um colírio anestésico e você não sente absolutamente nada, embora esteja vendo a menina colocar o sensor no olho.
Os exames estavam todos ok, apenas indicando uma assimetria na topografia do olho. Nada grave, mas o suficiente para considerar a cirurgia personalizada para corrigir a assimetria. Decidi fazer a cirurgia personalizada com a técnica PRK (sabendo que vou sair do país, o oftalmologista se disse mais tranquilo fazendo a PRK por causa dos possíveis riscos da LASIK) e foi marcada para o dia 03/set/2009, quinta feira à tarde.
Pré-Operatório
No dia marcado, cheguei no hospital perto de 12:00 para os detalhes burocráticos e fazer o pré-operatório, que consistiu em fazer registro dos graus de miopia atuais, tirar fotos dos olhos na máquina laser e fazer o exame wavefront que determina os parâmetros para o laser corrigir as imperfeições do olho.
O wavefront é interessante. Você tem as pupilas dilatadas, um anestésico é colocado no olho e é feita uma marcação com caneta nos olhos para orientação da máquina, são dois pontinhos na parte branca do olho. Depois, você fica olhando uma imagem na máquina, que verifica como a imagem está sendo distorcida ao entrar no seu olho e ser refletida de volta, dando um mapa 3D das correções necessárias para fazer com que as distorções sejam corrigidas. Nisso, o "grau" é determinado automaticamente, sem nenhuma interferência humana. Os dados desse exame são transferidos para a máquina laser depois.
A Operação
Com a pupila dilatada, vamos para a máquina laser. O oftalmologista tira dúvidas, se existirem, já passa uma bolsa com os colírios que deverão ser usados após a operação e passa instruções a serem seguidas durante a operação: devemos tentar ficar olhando para uma luz vermelha e a máquina faz o rastreamento dos movimentos do olho para fazer o laser acompanhar os movimentos ou parar se vc se mexer demais.
Após, fui encaminhado para a sala da máquina e deitei na mesma. Tem um pequeno apoio para fixar a cabeça e começa a operação propriamente dita: Mais colírio anestésico, é colocada uma proteção no rosto para deixar somente o olho exposto e segurar os cílios e também é colocado um suporte metálico para manter o olho aberto e então começa a seção de raspagem do olho ... a gente não sente dor nenhuma, somente uma sensação que estão pressionando o olho. Como a pele é raspada, a imagem perde nitidez e vemos como se estivéssemos enxergando através de um bloco de gelo ... dá pra identificar pontos de luz mas tudo embaçado. Após a raspagem, é feita uma limpeza e o laser é aplicado. Durante os 20-30 segundos de aplicação do laser, sentimos um cheirinho de frango depenado ... é o nosso olho virando vapor, hehehhhe. Depois, mais líquidos para limpar, colírios antibióticos e antiinflamatórios e é colocada a lente de contato protetora.
O mesmo se repetiu para o outro olho e a ciruigia toda deve ter demorado uns 15-20 minutos, se muito. Ao sair da sala, já enxergava relativamente bem e o oftalmologista repassou as instruções dos colírios e mandou voltar no dia seguinte para acompanhamento.
Dia 0 - Após a cirurgia
Na volta para casa, ainda não sentia nada, somente uma sensibilidade à luz devido à dilatação da pupila. Uns 45 minutos depois, comecei a lacrimejar um monte e uma leve ardência nos olhos. já tive que me enfiar no quarto escuro, colocar boné e óculos escuros. Almocei com o prato na mão sem ver o que estava garfando ... difícil de ficar com os olhos abertos. Não que doesse, era simplesmente uma vontade irresistível de fechar os olhos. Mais à noite, a lacrimejação tinha parado e até pude ir para a sala e ver um pouco de tv (diminuindo o brilho e o contraste pro mínimo visível).
Um detalhe: não ná pontos, curativos, etc. Então, se você não disser, ninguém vai saber que você fez a cirurgia a laser. O olho nem fica vermelho ...
Dia 1
Acordei bem, surpreso por não sentir dor nem incômodo por ter dormido com a lente de contato. Tinha somente uma sensibilidade à luz mais forte e percebia que a pupila ainda estava dilatada, além de uma certa dificuldade para focalizar coisas de perto. A visão em geral estava no meio caminho entre sem óculos e com óculos.
À tarde, chamei um táxi e fui fazer o acompanhamento. Tudo bem, o epitélio já começava a crescer mas fui avisado que a visão iria piorar por uns dias. Saí do hospital, andei na rua até um ponto de táxi e voltei pra casa.
À noite, o bicho começou a pegar ... os olhos começaram a arder bastante, a sensibilidade à luz ficou muito grande e foi muito difícil dormir. Nada insuportável, mas chato.
Dia 2
Sábado, mal consegui fazer e tomar café de tanta sensibilidade à luz. O jeito foi ficar o dia inteiro trancado no quarto escuro esperando a irritação passar. O incômodo se alternava entre os olhos, uma ardência chata e às vezes uma fisgadinha. Nessa hora a gente pensa: "Por que raios não fiz a LASIK? " ...
Dia 3
Domingão, já estava melhor. A visão continuava a meio caminho, mas pior do que nos primeiro dia. Ler, ver televisão ou mexer no computador era impossível. O jeito foi ficar no quarto escutando alguns CDs, fazia tempo que não ficava de papo pro ar curtindo os arranjos. Os destaques ficaram pro Abbey Road, Let it Be e Sgt. Pepper's dos Beatles e A Night at Opera, do Queen. À noite, até consegui sair do confinamento ...
Dia 4
Eu acordei bem melhor, a visão ainda embaçada, com sensação de lente de contato ressecada e/ou cheia de "proteína" ... . É chato saber que melhoraria se pudesse tirar a lente para limpar, mas vai fazer o quê. No fim do dia, até deu pra ver alguma coisa no computador, colocando as fontes bem grandes. É engraçado ver que a visão às vezes fica bem nítida, mas sem capacidade de focar em detalhes. Como li em outro relato, a gente vai passando por todos os tipos de defeitos de visão durante a recuperação. Hipermetropia nos primeiros dias, depois miopia extrema, visão embaçada, astigmatismo ... tudo por causa das alterações da camada epitelial que está crescendo. Diz a lenda que isso passa e depois fica crystal clear ...
Dia 5
Sem mudanças em relação à qualidade da visão, somente a sensibilidade à luz parece ter praticamente desaparecido. Até consegui assistir tv sem diminuir o brilho. Também é dia de alterar o regime de colírios. Ao invés de 4 (antibiótico, corticóide, antiinflamatório e lubrificante) por 4 vezes ao dia, ficam 2: o corticóide por 3 x ao dia e o lubrificante. Os colírios são muito importantes para evitar a formação de cicatriz no epitélio, o que afetaria a qualidade da visão no final.
Dia 6
Quarta feira (começo a escrever este post), volta ao trabalho. Acordei com a visão suficientemente boa para dirigir, somente o olho esquerdo que está mais embaçado, parece lente suja e já consigo fazer alguma coisa no computador sem aumentar o tamanho da fonte. À noite, estava bem tranquilo de ver televisão, com uma boa definição. Amanhã tem retorno ao oftalmo para acompanhamento e talvez retirar as lentes de proteção. É engraçado, todo mundo que sabe que eu fiz a cirurgia fica olhando pros meu olhos pra ver se dá pra perceber alguma coisa. Até a lente de contato é difícil de se perceber.
Dia 7
Fui ao oftalmo para acompanhamento do pós operatório. O epitélio já tinha crescido, permitindo a retirada das lentes de contato. A retirada trouxe o alívio de tirar a lente já meio velha e que estava incomodando, mas expondo o olho. Com isso, comecei a sentir o olho "raspando" um pouco. A qualidade visual também deu uma diminuída, mas pelo menos um certo nevoeiro que estava se formando desapareceu (lente suja). Já marcamos uma consulta para acompanhar daqui a 2 semanas. Também foi passado o cronograma de redução da utilização do colíro de corticóide. Devo continuar passando 3x ao dia até domingo e depois 2x por dia por uma semana e finalmente 1x por dia por mais uma semana.
Durante o dia, percebi muita diferença entre os olhos, sendo que o olho esquerdo (que sempre foi o melhor) estava bem mais desfocado do que o direito. Ao final do dia, usar o computador se tornou impossível porque a visão deu uma embaçada muito forte e também um astigmatismo deu o ar da graça para confundir as letras. Voltando pra casa, eu via faróis duplos nos carros ...
Dia 8
Acordei com a visão extremamente nítida, ainda mais se comparando com os dias anteriores, fruto do crescimento do epitélio durante a noite. A felicidade durou masi ou menos 1 hora, quando a qualidade visual deu uma boa caída (normal, resultado do "polimento" do epitélio durante as piscadas). O interessante é que o mei olho esquerdo está mais nítido, mas com astigmatismo e o olho direito está só um pouco desfocado. Todas essas variações são perfeitamente normais, segundo o oftalmologista e batem com relatos de outras "vítimas" da PRK.
Dia 10
Pouca mudança em relação aos dias anteriores. Ao passar colírio, parece que a superfície do olho dá uma "alisada" e as coisas ficam bem mais nítidas, mas varia de piscada para piscada. No geral, sinto uma melhora gradual.
Dia 14
Exatas duas semanas após a cirurgia. Bem, eu enxergo melhor do que sem óculos e bem pior do que com óculos. Ao acordar, estou com olhos de águia e logo depois vai piorando, principalmente após pingar o colírio de corticóide (estou usando 2x por dia). A qualidade visual vai dimunuindo ao longo do dia e é bem cansativo ler no computador. No geral, sinto uma melhora diária, ainda que pequena. Ainda bem que avisaram que demora 1 mês pra visão começar a ficar decente. Espero que no início de Novembro, quando nos mudaremos para o Canadá, a visão já esteja 100%.
Dia 18
Bom, sem grandes mudanças. Consigo perceber uma melhora diária na nitidez das coisas, mas o chato é que tem uma espécie de astigmatismo que embaralha as coisas. Logo ao acordar, está tudo bem nítido e depois vai piorando, mas no geral, a visão está progredindo. Eu fico brincando de olhar para algumas placas e letreiros aqui na empresa. Tenho sentado sempre no mesmo lugar na hora do almoço e fico vendo o progresso ao ler os vários letreiros, a partir de uma distância fixa ... Hoje também eu altero o regime de colírios, agora é só Pred Fort 1 vez por dia. Esta quinta-feira (dia 21) eu tenho consulta, vamos ver ...
Dia 21
Três semanas após a cirurgia, dia de voltar ao oftalmologista para verificar a reepitelização. Ele verificou a superfície do olho e disse que está tudo normal, com algumas linhas que ainda faltam ser "preenchidas" na superficie, mas que estava tudo certo, sem formação de cicatriz ou de "embaçamento". Eu devo continuar a pingar o colírio de corticóide até a metade da semana que vem. Em relação à qualidade da visão é o seguinte: Como eu já disse aqui, ao acordar a visão é extremamente nítida mas vai degradando ao longo do dia. Eu vejo um efeito de astigmatismo  e, dependendo do horário, uma imagem "fantasma" mais borrada. Segundo o oftalmologista, esses efeitos são normais e irão desaparecer (efeitos das tais linhas na superfície do olho). Marcamos o retorno para daqui a três semanas. Segundo o oftalmo, provavelmente será o último retorno e até lá, todos esses efeitos estranhos já terão desaparecido.
A PRK tem um pós operatório que pode variar bastante de pessoa para pessoa. Tem gente que com 20 dias já vê tudo perfeitamente, já outras demoram bem mais. O tal do olho seco também varia, eu mesmo não senti nada. Esse efeito é mais comum no pessoal que faz a LASIK.
Eu estou bem tranquilo com a recuperação. Tem horas que os efeitos, principalmente o "astigmatismo", irritam um pouco, mas tudo dentro do aceitável. Como eu sou curioso, eu imprimi umas cartas de Snellen (aquele teste das letras) pra ver a evolução de maneira mais objetiva. Também encontrei uns artigos e pesquisas mostrando a curva média de recuperação da PRK. Pelo que pesquisei, estou na média mesmo...
Dia 24
Este fim de semana realmente está sendo o "turning point" na recuperação. Do nada, a visão deu uma clareada animal.Posso dizer que, em linhas gerais, estou com uma visão igual à que eu tinha (usando ócullos) antes da cirurgia. É claro que restam detalhezinhos e também tem espaço pra melhoras, principalmente em situações de alto contraste, visão noturna, pontos luminosos, etc. A minha diversão tem sido "olhar ao longe" ... Daqui a 2 dias eu devo parar de pingar o colírio corticóide. Até agora, posso dizer que estou satisfeito com a PRK e está valendo a pena. São vários dias de recuperação com a visão bem esquisita, mas o risco é mínimo.
Dia 30
Esta semana, parei com o último colírio (agora só passo o lubrificante, geralmente ao acordar) e a visão está mais estável, sem grandes variações durante o dia. Em termos de acuidade, sinto que está quase estabilizado, somente o efeito de astigmatismo que varia um pouco durante o dia, mas está diminuindo. Já não fico "testando" a visão a toda hora e, durante o dia pelo menos, a minha visão chega a ser melhor do que era antes com óculos (ok, os óculos estavam um pouco defasados). Vamos ver como vai estar no dia do retorno ao oftalmo, dia 15/10, quando fizer 42 dias da operação. Ainda vejo "efeitos especiais" em pontos luminosos, mas também está diminuindo.
Dia 42
Passadas 6 semanas da operação, já sem utilizar o colírio de corticóide, somente o lubrificante uma vez por dia, retorno para fazer a última consulta do pós operatório. O oftalmo observou os meus olhos lá no aparelho que tem uma luz e disse que a minha córnea já está totalmente transparente, sem marcas e o epitélio também e já passou a fase crítica, aonde poderiam existir riscos de infecção, cicatriz, etc. A partir de agora, um oftalmologista só vai saber que eu fiz a PRK se eu falar. A seguir, hora de ler aquelas letras na parede (chamado de Carta de Snellen) para verificar a acuidade visual. Nesse teste, a minha visão está 20/30 e o oftalmologista me disse que eu vou chegar a 20/25 com certeza (quanto menor o número do denominador, melhor. A tal "visão perfeita" é 20/20, sendo que algumas pessoas chegam até 20/10. Para saber mais, veja este link da wikipedia, em inglês). Ah! A visão de perto está perfeita, eu li até a última linha do teste.
O ideal é aguardar 4 meses pelo menos para verificar a acuidade final, pois o processo de recuperação total se dá entre 4 e 6 meses, mas infelizmente não estarei por aqui para voltar ao consultório, já que estarei no Canadá ...
Segundo o oftalmologista, é bom ter um pouco de hipocorreção na cirurgia (correção a menos no laser) porque ajuda na visão de perto e retarda os efeitos da presbiopia (visão cansada para perto após os 40 anos). Então, não fiquem tristes se sobrar um pouco de grau (0.5 graus normalmente) após a cirurgia.
Até agora, posso dizer que estou satisfeito com a cirurgia, enxergo melhor agora do que eu enxergava mesmo com óculos (tá, ele estava um pouco defasado) e os efeitos que eu via nos primeiros dias quase desapareceram, só vejo um pouco de efeito em pontos luminosos fortes, mas mesmo isso diminui a cada dia. Em relação ao olho seco, praticamente não sinto esse efeito, somente às vezes ao acordar ou ao ficar olhando muito fixo para o computador sem piscar ... Mas basta dar umas piscadas com cuidado que passa, salientando que no "dia-a-dia", não sinto nada ... não tenho que ficar parando para pingar colírio, etc. Essa é uma vantagem da PRK, que corta menos terminações nervosas do que a LASIK.
Dia 715
Já se passaram quase 2 anos após a minha PRK e o meu olho ainda não caiu :) Olhando para trás, valeu a pena fazer a cirurgia? SIM!!! A minha visão diurna permanece boa, a noturna está igual à diurna, sem os efeitos luminosos que eu via logo após a cirurgia. Em relação a olho seco, às vezes (bem raramente) eu sinto eles meio secos ao acordar, mas passa logo. Se eu fico acordado até muito tarde, "forçando a vista", os pontos luminosos, como display de dvd, ficam meio borrados. Quando eu morei na Alemanha, eu usava óculos e era um porre. Flocos de neve grudavam nos óculos, tinha sempre que escolher se protegia o rosto ou enxergava e os óculos embaçavam ao chegar da rua. Aqui no Canadá, sem óculos, não tenho nenhum desses problemas.
Após 6 anos!
Então, mais de 6 anos se passaram e ainda não preciso de óculos. Justamente quando estava completando 6 anos, eu precisei fazer um exame de vista por causa do curso de pilotagem de avião que resolvi fazer. Como eu tinha feito a cirurgia, o governo do Canadá exige um teste bem detalhado. O laudo deu que eu tinha visão 20/20 e uma anotação dizendo "acuidade visual excelente", além de não detectar nenhuma cicatriz. Como previsto, se eu não tivesse dito que tinha feito a PRK, ninguém ia saber ...
Então, acho que posso fechar o livro "PRK" dizendo que a cirurgia no fim das contas foi um sucesso, todos os efeitos visuais malucos logo após a cirurgia desapareceram e eu ainda tenho um certificado médico dizendo que eu posso mesmo pilotar aviões comerciais. Nada mau, não?

Finalizando, pra quem ainda está pesquisando o assunto, eu recomendo a cirurgia PRK. Vale a pena, embora o pós-operatório possa ser um pouco mais chato que o da LASIK.
Por enquanto é isso ... À bientôt!

Adendo: Seguem alguns links de outros relatos de pessoas que fizeram a PRK.

Minha Cirurgia - Blog relatando a PRK, com videolog e tudo mais!
PRK - Eye in the sky - Relato em 4 Partes
Tostex de Olho
Blog do Mequinho - Relato em duas partes
Drops de Reflexão
Mike - O Valor (offline)

Comentários

  1. Ai, fui lendo e meu olho lacrimejando... nossa.... que coragem.....

    beijocas

    ResponderExcluir
  2. Taz,

    Deixar de usar óculos é tudo de bom! Fiz Lasik há mais de cinco anos e continuo "zerado"...

    Abraços,

    Marcos
    J'm'appelle Caillou

    ResponderExcluir
  3. Bacana seu relato. Eu tenho 9 graus de miopia e uns 2 de astigmatismo. Queria muito fazer cirurgia, mas parece que no meu caso só algo mais complicado e fico com medo. Parabéns e espero que sua recuperação seja bem rápida.

    ResponderExcluir
  4. Adorei este seu relato, me deixou mais tranquilo. Eu operei o olho
    direito dia 09/10 e hj fazem 20 dias! Vou opera o esquerdo depois de
    amanha, tive que fazer 1 por vez pois tenho diabetes e o risco de
    infecções são maiores. Não deixe se continuar seus relatos pois
    estão me tranqüilizando mais. Gde abraço. Edu (abc - SP)

    ResponderExcluir
  5. Nossa mto bom ler o seu relato sobre o prk, fiz esta mesma cirurgia dia 21/10 e hoje com 8 dias senti exatamente igual, eu sabia q a recuperacao gira em torno de um mes, mas estranhei estar enxergando pior do que com oculos, agora estou mais tranquila, valeu boa sorte pra vcs!

    ResponderExcluir
  6. Seu relato está me ajudando muito, fiz PRK e a recuperação é um saco e gera muita ansiedade polos resultados do olho de águia. Por isso resolvi fazer o meu. vou colocar o link para ajudar também as outras pessoas.

    ResponderExcluir
  7. Oi, fiz a cirurgia PRK, tudo que você postou esta compatível comigo. estou do 15, minha visão esta boa, mas a Astigmatismo
    Embaralha um pouco a vista.
    Obrigado pelo esclarecimento.
    Bjs
    Cristiane

    ResponderExcluir
  8. Olá, estou no dia 26 da minha PRK e o progresso é bem parecido com o seu, comigo acontece algo engraçado à noite: normalmente durante o dia é um pouco difícil trabalhar no pc do escritório, mas em casa, por volta das 8 horas tudo fica claro como cristal na tela aqui de casa, não dá vontade nem de dormir hahaha. De manhã a visão é mto boa e vai piorando com os dias mesmo. Estou começando a perder ansiedade de uma melhora rápida e me conformando com a recuperação gradual da visão. Também criei um ponto fixo no trabalho para ver a evolução, é muito divertido rs. Eu acho que todo mundo no começo se pergunta porque não fez a LASIK, mas depois de ter visto relatos de pessoas que sofreram por causa do "flap" (levantamento da córnea) que não fechou corretamente eu agradeci por ter feito essa escolha. Meu namorado fez LASIK e nunca teve problemas, mas foi bom eu não ter arriscado. Boa sorte com seus olhos de águia!

    ResponderExcluir
  9. Olá, estou no dia 26 da minha PRK e o seu relato bate com o que tenho experimentado em mtas coisas. Comigo acontece algo engraçado... acordo com a visão perfeita, no trabalho fica um pouco difícil o trabalho com computador e distâncias longas, mas quando chegou em casa e ligo o computador, lá pelas 7 horas da noite tudo fica claro como cristal. Não dá nem vontade de dormir... rs o estranho é que deveria ser o contrário, já que a vista está mais cansada. Vai entender. Nos primeiros dias tb pensei "porque não fiz a LASIK?", mas depois de ver relatos sobre complicações no "flap" (corte manual e levantamento da córnea para aplicação do laser) fiquei feliz com a minha escolha, apesar do meu namorado ter feito a LASIK e não ter tido problema algum, mas achei que fiz bem em não arriscar. Boa sorte com seus olhos de águia, em breve será minha vez!

    ResponderExcluir
  10. Ai que alívio!Fiz a mesma cirurgia, meu médico disse que todas estas sensações que vc sentiu e eu estou sentindo é normal, mas é difícil de acreditar... não vejo a hora de completar 30 dias ...

    ResponderExcluir
  11. Muito legal o seu relato, me inspirei nele também fiz a cirurgia. Segue o meu blog com o meu relato http://minhacirurgia.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Galera eu fiz a 33 dias a prk personalizada, não e mole, pra perto minha visão da 90por cento, mais sinto ainda muita dificuldade para ler as placas de transito. Tinha 8.75 dee miopia e 2 de astigmatismo , no esquerdo e pouco menos no direito. Minha oftalmo deixei 1 grau de propósito para aquela parada de vista cansada. Não senti dor, mas nos últimos dias tenho sentido os olhos bem secos. Melhorou muito quando troquei o meu colírio , estou usando o lubrificante Endura da allergan. Muito bom!
    Abraços a todos e vale a pena fazer sim!

    ResponderExcluir
  13. Valeu as dicas.

    Nesta semana começarei os procedimentos e o médico recomendou PRK.

    Vou com Fé parar de usar óculos. Foi emocionante quando o Dr. Magela disse que eu podertia fazer a cirugia.


    Luz para todos!!!

    Leandro Rolim

    ResponderExcluir
  14. Fiz a minha lasik ontem e ja posso ver perfeitamente, so com um pouco de embaçamento, mais nada de mais, fui no retorno com o medico hoje e ele disse a cicatrização sendo perfeita, nao tive problemas com dor, nem com incomodo, so o olho ficou( e ainda esta) vermelho, mais sem nenhum tipo de dor nem incomodo, recomendo a todos os que puderem fazer para q faça, vc se sente outra pessoa ! Boa sorte a todos !

    ResponderExcluir
  15. Valeu amigo, estava bastante ansioso. Esse é o terceiro dia após o PRK e estava achando que o oftalmo tinha feito algo errado. Agora sei que terei que ter paciência para chegar ao efeito desejado.
    Abração.

    ResponderExcluir
  16. Faço a minha esta sexta feira (09/08/2013).

    Ansiedade maluca, to ficando louco esperando. N consigo fazer nada direito de tanta ansiedade =(

    (tenho problemas com ansiedade, com diagnóstico e tudo, logo, eu posso kk)

    Pelos relatos que li, já providenciei um bom óculos solar pra ajudar na proteção e redução do incomodo.

    Tenho 5º OD e 6 no OE de miopia. 1º de astigmatismo em cada um dos olhos.


    Caso interesse, posso fazer algum relato.

    Obrigado pela força, relatos como o seu são muito importantes, principalmente pra mim q sofro de ansiedade e hiperativismo. Se eu não soubesse de tudo isso, da recuperação, era capaz de eu morrer!
    KK

    ResponderExcluir
  17. Procurei no google por experiências com PRK, fiz a minha há 18 dias e tenho sentido bastante variações na qualidade da visão. Dias nítidos, outros embaçados. Então procuro experiências de outras pessoas para me situar e me acalmar. O que achei uma baita coincidência é o fato de você ter feito a cirurgia antes de ir ao Quebec, pois eu tb irei em menos de dois meses. :)

    ResponderExcluir
  18. Fiz minha cirurgia pra correção de miopia e astigmatismo do olho esquerdo há 3 dias. Uso mt o computador, então tô lendo seu post com o olho direito. Confesso que estou com medinho de operar o direito amanhã,mas vamos lá. Pelo seu depoimento parece que vale à pena.

    O meu grau é baixo mas a lente de contato me incomoda demais. Resseca e arranha muito a vista. A sensação que eu tive nos 2 primeiros dias foi exatamente a de usar a lente de contato que eu usava antes. Fora que os óculos que eu uso (usava) tinhas a película anti-reflexo e de tempos em tempos aquela coisa vai descascando, além de ser anti estético.

    Bom, um olho já foi. Com um eu enxergo de perto e com o outro de longe, ainda que embaçado por enquanto.

    Em breve volto aqui contando resultados postivos como o seu. A minha cirurgia tb foi a PRK.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  19. Hoje, maio/2014, faz 5 meses que fiz cirurgia PRK no Hospital de Olhos em Curitiba. Eu tinha 5 graus miopia e 1 grau astigmatismo.

    Resumindo: 15 primeiros dias você vive um inferno com a cirurgia PRK. (recuperação da LASIK é muito mais rápida). Até o epitélio crescer novamente sua visão fica muito, MAS MUITO, ruim. Após o 1 mês: muita evolução. No segundo mês praticamente se estabiliza o resultado da cirurgia.

    Hoje, após 5 meses, olhos secos e cansados durante o dia. Fiquei com residual de 0,75 astigmatismo num dos olhos e isso tem me incomodado muito para leitura ou tv.

    Pontos Positivos: fica livre dos óculos, liberdade para praticar esportes, sair, etc.

    Pontos Negativos: TODA cirurgia tem risco. Chances de residual e olhos secos são altos. Visão para perto não fica boa, pois o míope enxerga muito bem de perto. A cirurgia tira essa vantagem do míope.
    Portanto, se você depende muito da visão para trabalhar (com computador, eletrônica, mexer com detalhes e coisas pequenas, muita leitura) eu NÃO RECOMENDO, pois sua visão NUNCA mais será a mesma!

    Se você usa óculos e está confortável em utilizá-lo, eu recomendo a continuar assim. As cirurgias chegam próximo, mas somente os óculos permitem uma correção e visão 100%.

    Se você não aguenta mais óculos e lentes de contato, pratica esporte e não quer mais usar óculos, então fique ciente dos RISCOS (que não são poucos) e faça a cirurgia.

    ResponderExcluir
  20. ola amigo,

    estou hj no meu 6 dias pos prk.
    vi inumeros videos de relatos, e comentarios internet a fora, mas nenhuma com um nivel de detalhes tecnicos como o teu.

    fico muito agradecido, e peco a
    Deus que ilumine sua vida, e sua visao, pois seu trabalho aqui no blog, trouxe conforto a meu coração ansioso.

    grande abraco

    caio henrique
    governador valadares - mg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário e coragem na recuperação. É bem chato mesmo mas o resultado vale a pena.

      Excluir
  21. Obrigado por compartilhar a sua experiência. Faz uma semana que fiz o meu PRK e a visão não está muito boa, para ser franco, estava achando que a visão não melhoraria muito mais do que isso, até cogitei que o médico tivesse feito a cirurgia com um grau errado, mas isso me tranquilizou muito.

    ResponderExcluir
  22. Obrigado por compartilhar a sua experiência. Faz uma semana que fiz o meu PRK e a visão não está muito boa, para ser franco, estava achando que a visão não melhoraria muito mais do que isso, até cogitei que o médico tivesse feito a cirurgia com um grau errado, mas isso me tranquilizou muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, no começo é bem chato, mas melhora! Tem um momento que a gente acha que ficou pior do que era, mas é só o epitélio crescendo e "alisando"

      Excluir
  23. Fiz a cirurgia PRK há 15 dias e o olho direito parece que tem um grão de areia. Alguém passou por isso?

    ResponderExcluir
  24. Meri, a cicatrização no processo de PRK é muito lenta, ainda mais se neste "período" não forem feitas os procedimentos corretos. Eu tive um desleixo e no banho acabou entrando água em um dos olhos e "raspou" e acabou demorando um pouco mais o tempo de cicatrização, mas relate ao seu oftalmo, tenho certeza que ele irá acompanhar sua situação...mas fica tranquila que o PRK é demorado e temos a impressão de que deu errado na nossa vez...kkkk

    ResponderExcluir
  25. Olá! Gostei muito de ler seu relato. Quero fazer a cirurgia, fiz até os exames pré operatórios, e fui indicada pra fazer o PRK, mas confesso que estou Com um pouco de medo e falta de coragem pra fazer a cirurgia. Principalmente por conta do pós operatório, que dizem ser muito sofrível! Gostaria de tirar umas dúvidas com voce: apesar de ler o seu relato e tudo mais, gostaria que fosse franco e me dissesse se o pós operatório é tão sofrível assim. Dói muito? Ou não é nada que o analgésico não resolva? Obrigada e fico aguardando suas palavras pra me dar força pra fazer a cirurgia de fato.

    ResponderExcluir
  26. Olá! Gostei muito de ler seu relato. Já fiz todos os exames de pré operatório e me foi indicada a PRK, mas estou com medo e sem coragem pra fazer a cirurgia, principalmente por conta do pós operatório, que dizem ser muito sofrivel.
    Gostaria que me tirasse uma duvida: sendo franco, o pós operatório é tão sofrível assim? Dói muito ou não é nada que um analgésico melhore e de pra passar tranquilamente. Obrigada e aguardo suas palavras para me encorajar a fazer a cirurgia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, o pós-operatório é como eu descrevi ... eles fornecem os colírios que anestesiam um pouco. A gente lacrimeja bastante e a luz irrita muito no primeiro/segundo dias, mas nada insuportável. É só "diferente".

      Excluir
  27. Boa tarde! Obrigada pelo seu relato! Hoje muito dificil encontrar esses relatos... ainda mais da PRK.
    Fiz meus exames com um hospital em Curitiba, só que sou de Santa Catarina, gostei da clinica, do médico, então fui indicada, por ter cornea fina, a PRK... estou pesquisando muito antes de marcar a data da cirurgia, a minha vai ser somente em um olho, no esquerdo, que tem 5 graus de astigmatismo e eu estava usando um óculos com 3 graus... rsrs.
    Sorte que meu olho direito é "perfeito" como diz o oftalmo...
    Ouvi dizer que tem pessoas que ficam vendo riscos qndo fecham os olhos, por conta da raspagem,.... mas pelo que percebi deve ser da cicatrização, ou seja má cicatrização... o seu aconteceu em algum tempo isso ou não?
    Pretendo fazer a cirurgia ainda em abril... dá aquele friozinho na barriga pela questão do pós operatório... e ainda mais que a clinica fica uns 200km da minha casa... rs..
    Valeu mesmo por postar seu relato até depois de 6 anos...
    vou tentar fazer também!

    ResponderExcluir
  28. Olá, muito legal seu relato, bem parecido com as coisas que senti.
    Hoje estou com 68 dias após a PRK, nos primeiro 30 dias com o uso do Flutinol a visão era realmente embaçada, depois q parei o uso com uma semana eu passei a ter a tal visão cristal clear. No retorno ao medico de 30 dias foi constatado que o meu esquerdo estava com residuos de astigmatismo ja o direito com um pouco de hipermetropia. Com o passar dos dias o astigmatismo parece ter diminuido muito. O meu olho direito sempre teve um bom desempenho, porém faz 2 semanas que ele parece ter caido a qualidade, esta ruim para ver de longe, meio com visão dupla. Sera que faz parte do processo decair? O medico disse que com 3 meses fariamos exames para ver se precisaria de retoque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, comigo foi a mesma coisa. Quando o epitélio comeca a fechar, a qualidade da visão diminui. Depois melhora.

      Excluir
  29. Olá, obrigada por responder. E que bom saber disso ;)

    ResponderExcluir
  30. O que você nao relatou foi o grau de miopia e astigmatismo que voce tinha antes da cirurgia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha 3,5 graus de miopia. Não é tanto assim, mas obrigava a usar óculos/lente ...

      Excluir
  31. Obrigada TAZ e Marcela Bueno. Fiz a PRK há dois meses e meio, e um dos meus olhos parece ter tido a visão piorada na última semana. Eu já estava desesperada. Mas vou ter paciência!

    ResponderExcluir
  32. Fiz um blog para ajudar quem quiser operar pela UNIFESP, lá custa R$ 750,00.

    http://refrativaunifesp.blogspot.com.br/

    Abraços.

    ResponderExcluir
  33. Hoje completo 19 dias da PRK, visão péssima, muito embaçada ainda e pouco nítida. Fiz minha cirurgia com o Dr. Ramon, no hospital de olhos Sadalla Amin Ghanem. Vi alguns relatos de gente que não enxerga de perto como enxergava antes, isso aconteceu com você após a recuperação completa?! Outra coisa que sinto é dificuldade em 'dar o foco' nas coisas.. Com frequência minha vista fica desfocada e preciso piscar para conseguir focar novamente.. Isso aconteceu com vc? Tipo máquina fotográfica quando você precisa focalizar. Achei muito estranho e não vi ninguém falando sobre isso. Parece olho preguiçoso, porém não tinha isso desse jeito antes de fazer a cirurgia. Fora isso, não senti nada, nenhuma dor, nenhum desconforto e nem sensibilidade a luz depois da cirurgia. Fiquei surpresa, pois não esperava que fosse tão tranquilo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, quem tem miopia enxerga muito bem de perto. Após a cirurgia, podemos perder essa "vantagem". Eu continuei enxergando bem de perto. Esse "desfocamento" é normal e aconteceu comigo (relatei algo parecido no dia 10) . Quando piscamos, acabamos colocando uma película de "lágrima" que preenche as imperfeições da cicatrização. Após um tempo, a película seca e a visão piora. Isso vai melhorar com o tempo.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas